Não seja seu maior adversário na entrevista de emprego

Não seja seu maior adversário na entrevista de emprego

Entrevista de emprego é sempre um momento de preocupação para quem está ansioso pela oportunidade. Para aqueles que já possuem trabalho e estão sendo sondados por outras empresas, é motivo de comemoração e autoconfiança no trabalho desenvolvido.

No artigo de hoje, eu trago algumas dicas para você impressionar durante a entrevista de emprego e se destacar dos concorrentes.

Você vai aprender:

  • Como vencer a insegurança e os reflexos como gagueira, boca seca, dor de barriga, mãos suadas…
  • O que não falar na entrevista.
  • Como responder as perguntas de forma clara, objetiva e confiante.
  • Quais as perguntas mais comuns.

A primeira regra para quem quer se sair bem numa entrevista de emprego é treinar. Você pode fazer isso sozinho em frente ao espelho ou pedir para alguém fazer o papel do entrevistador.

O entrevistador tem uma expectativa muito clara em relação ao que ele quer encontrar no candidato à vaga.

Quer uma pessoa segura, motivada, honesta, responsável, que saiba suas obrigações no trabalho e não faz corpo mole. Alguém autoconfiante, que seja direto nas respostas, que saiba trabalhar com metas, com pressão e conviver bem em equipe.

Também é importante ser uma pessoa observadora, que mostre vontade em aprender algo novo, que tenha iniciativa, boa aparência e que seja um comunicador de qualidade.

Saiba responder ou perca a chance de ser contratado.

Por que saiu do último emprego?

Se você foi dispensado por redução de custos. Diga claramente: eu fui dispensado porque a empresa está passando por um momento delicado financeiramente. Nada tem a ver com meu desempenho.

Se você foi demitido, não minta! A verdade prevalece e irão descobrir numa simples checagem. Então, a dica é responder de forma curta. Diga por exemplo: eu fui dispensado porque não soube ser flexível, mas aprendi a lição e não mais terei esse tipo de comportamento. Procure não entrar em detalhes, até porque só irá piorar e jamais fale mal da empresa que você trabalhou ou do chefe.

Outra pergunta em que a resposta tem que estar afiada. Quanto gostaria de ganhar?

Se você estiver empregado, você tem mais chance de fazer um negócio bom pra você. Diga que está empregado, o seu salário e todos os benefícios e que para mudar de emprego gostaria de ganhar mais. Mas não especifique o valor. Você pode chutar alto demais ou muito baixo.

Se você estiver desempregado, diga que gostaria que fosse o que o mercado oferece para a função. Pergunte: qual a faixa salarial no momento? Com a resposta, se for um valor inferior ao seu último trabalho, você pode dizer: no meu último trabalho, o salário era “x” e tinham também tais benefícios. Cite-os.

 Faz sentido que é importante treinar antes?

Outra pergunta muito comum: quais são seus objetivos a longo prazo? Fale de forma profissional. Nada de responder que é casar, morar em outro país, ter filhos, enfim… fale da sua paixão por essa área de trabalho, que quer no futuro ter reconhecimento profissional e estar entre os melhores na empresa.

E seu objetivo a curto prazo? Conquistar essa vaga e fazer o meu melhor.

O que você espera desse emprego? Resposta boa: desafios e ter a chance de contribuir e agregar na empresa.

Por que você acha que devemos contratá-lo? Porque sou motivado, estudioso, as qualidades que os empregadores buscam, está no início do artigo; e porque posso trazer lucro pra empresa.

Exercício bônus.

-Escreva as 3 maiores realizações do seu emprego atual ou do último emprego?

-Qual seu ponto forte? Persistência, honestidade. Fale das virtudes.

Qual seu ponto fraco? Aqui não mencione nada negativo. Diga uma característica que é positiva para o mundo corporativo. “Sou muito exigente ou sou impaciente, não gosto de pendências”.

Na entrevista, o entrevistador pode perguntar se você se considera um líder. Aí você pode falar sobre suas conquistas com seus colegas de trabalho, a boa convivência, etc.

Dependendo do cargo pode ser perguntado: você já contratou funcionários? Que critérios você considera importante para o colaborador?

Boa resposta: Competência para a função, dedicação, boa índole.

O que pensavam de você como líder no seu último trabalho?

Você tem dificuldades em tomar decisões? Diga que avalia a situação com frieza, sem envolvimento emocional, visando o bem da empresa, mas certamente as decisões mais difíceis são as que interferem na vida dos seus funcionários.

Se for perguntado se você já demitiu alguém. Se for sim, foque nas questões profissionais da demissão.

Para encerrar, busque informações sobre a empresa que irá te entrevistar, entre no site e nas redes sociais. Pesquise mais sobre a função que você vai exercer, se há novidades no mercado e leia atentamente no site a Visão, a Missão e o Valor da empresa.

Você saberá o que eles pensam, o que querem para o futuro e vai chegar para a entrevista com um discurso alinhado com os desejos da empresa. 

Se você gostou, compartilhe!

Grande abraço!

Fechar Menu